quarta-feira, 1 de abril de 2009

Queridas amigas



No post abaixo, a minha T, que tanto amo, pede "ajuda" para me fazer ver a mim que há perguntas que têm que ser respondidas.
Eis o meu ponto de vista.
Vamos supor que há um homem que tem um caso durante uns anos e que esse caso já acabou.
Encontra outra mulher. Diz-lhe desse caso, dá-lhe alguns pormenores, mas o caso já não existe. No entanto, esta mulher que ele tanto ama, persiste em querer fazer perguntas que ele nem imagina quais são: o caso que se passou é igual a milhares deles - nasceu, viveu e morreu.
Digam-me então: que mais pode querer perguntar a mulher que ele ama? Não acham que ela só está a fazer mal a si própria e, por tabela, mal ao homem que adora? Ela sabe do caso, sabe que acabou, que mais há para saber? Pormenores? Acho que não, não são pormenores que ela quer saber, com certeza. Mas não imagino o que seja. Imagino é que, seja o que for, só vai fazer-lhe mal a ela e a mim.
Digam-me, queridas amigas, não acham melhor ela não "meter" ninguém no meio de nós e partir comigo para sempre? (Estamos juntos, mas precisamos de nos ver livres desta inquietação, ela porque sim, eu por causa dela e do seu bem estar).
Querida T, vem para os meus braços e ama-me, deixa-me amar-te, vamos fazer desta noite uma daquelas noites que nos levam à loucura. Depois, se isso acontecer, tu contas aqui o que se passou, eu deixo o meu relato depois do teu.
Anda e abraça-me, vem..

9 comentários:

T disse...

Um tanto linear..
É isto!
A diferença é que entre explicaçoes, pormenores, existiram mentiras. E nós pensamos "porque razao ele me mentiu?" A resposta é "para te poupar, para nao sofreres mais"... e claro, quem era a outra pessoa metida nesta mentira? A outra do antigo caso, que já nao interessa!!(se calhar interessa..)
Pedimos para que ele acabe com uma coisa que foi deles..e que nos magoa..o que é q ele nos responde ? "nao posso magoa-la" (mas a mim pode..)
Dado tudo isto...S. o minimo que podes fazer é compreender as minhas duvidas e medos, e responderes às minhas perguntas!

Amigas...digam-lhe lá!!

S disse...

Um tanto linear, porque eu talvez não seja tão complexo como tu, querida T.
Um beijo.

Seline disse...

Meus queridos,
S., gostava de te poder dizer que concordo contigo, que o que passou, passou, e que o melhor a fazer é esquecer e prosseguir... mas não posso.
Uma vez mais tenho de concordar com a T.
Numa caminhada, uma pedra no sapato, por mais pequena que seja, é suficiente para nos incomodar, e até fazer-nos parar... e é isso que ela não quer.
Quer deitar a pedra fora, para caminhar contigo, sem entraves, sem dúvidas...
No lugar dela não farias o mesmo?
Ainda que não o fizesses, não consegues ver a coisa pelos olhos dela? Não te incomodaria que ela mantivesse no presente uma coisa de um passado com outro alguém que não tu?
Sinto que apenas estou a acrescentar achas à fogueira... desculpem por isso.
Beijo aos dois... na esperança que se entendam e nos contem como foi ;)

Bernardo Lupi disse...

Adorei o tem de confidência e cumplicidade! Soberbo...

Vim agradecer o vosso apoio lá no motel! :)

Sacerdotisa disse...

T, minha amiga...
Não pense assim. Eu entendo que você esteja se sentindo insegura e com medo. Mas não é melhor pensar que hoje, neste minuto, esse homem adorável está ao seu lado? O que irá mudar na vidas de vocês saber de certos pormenores, vasculhar o passado?
Deixe o passado onde está, T.
No passado.

...

S, querido...

Entenda a insegurança da nossa amiga. Não é tão fácil quando o passado resolve bater a nossa porta. Mas você conhece sua amada melhor que ninguém, não é?
Acalme-a. Deixa-a segura. E se isso implica em esclarecer certas coisas, que mal há?

Beijos e juízo, crianças.

christal disse...

Mulher ponha uma pedra em cima! Ele te contou tudo que valia apena...é passado e não vai te servir em nada saber pormenores, não perca tempo...
bjss
christal

S disse...

Antes de ir dormir, venho baixar as persianas, apagar a luz e desejar boa noite.

Nemogeleia disse...

Concordo. Acabou acabou.

T disse...

Seline, minha amiga, era impossível estares a fazer algo mau, estavas a resolver com o coração, usando o bom senso, eu percebi. o S. também, a tua ajuda foi muito importante e bonita essencialmente! Obrigada amiga!! estou-te muito grata! :)

Sacerdotisa, o segredo é mesmo esse , é ter tudo o que se passou na vida dele, como na minha, como pormenores, vence o que existe! :)
Obrigada querida!

Christal, é por aí é..se não pusesse agora a pedra sobre o assunto, já nao havia volta a dar. Mas é mais facil para quem está de fora, acredita! Obrigada pela ajuda*

Nemogeleia, e não é que acabou mesmo? :P

Bernardo Lupi, nao tens nada que agradecer, adoramos lá ir e iremos mais vezes! :) Obrigada pela tua visita :)

S...oh..eu sei lá o que te dizer..vou a correr pra te apanhar ainda acordado :P Senão acordo-te :P