sábado, 21 de março de 2009

Quero-as...


E eu danço contigo, a minha língua com a tua, a tesão infinita, eu quero explodir para ti, mas hoje, meu amor, deixa que as ame a elas, que as beije, que lhes morda os biquinhos rijos que as tuas lindas maminhas me oferecem. Deixa que me dedique a elas, quero-as, tu sabes como as quero, como anseio por elas...
E depois, meu amor, não te zangues comigo, deixa que me esporre nelas, deixa que sejam elas a receber este leitinho quente, que é teu, mas que hoje quero dar a elas...

Quero-as... tanto, tanto... Tu sabes como as quero, não sabes, meu amor?

Quero-te, meu amor... Quero-te muito...

4 comentários:

T disse...

Elas anseiam por ti, tanto quanto eu, e vao esperar por ti, pelo teu beijo, o teu tocar, o teu mordiscar..e esperam impacientes pelo nectar que as alimenta :)

Quero-te na nossa eternidade!

S disse...

Que tesão tão boa que me provocas... Anda, amor, dá-mas. Quero-as só para mim.

o casalqseama* disse...

nada como partilhar o tesão... e ainda ter um parceiro que compactue com tudo!


show o blog. parabéns.
já estão linkados!


bj grande da fê =D

T disse...

casalqseama, fê :

Volta(em) sempre, o nosso quarto recebe-vos com agrado..
Obrigada pela visita :)

beijos!!